Jackson Araújo

Analista de tendências, ativista, e diretor criativo | Trama Afetiva

Comunicólogo especializado em Análise de Comportamento e Tendências de Consumo de Moda, Mídia e Comunicação. É diretor criativo do festival multicultural Trama Afetiva, plataforma de convergência e pesquisa de estudos em design sobre inovação para resíduos da indústria têxtil e ambiente de diálogo entre pensadores, artistas, ativistas, cientistas, empresários, marcas e sociedade civil para a construção de uma indústria que quer ser inclusiva e diversa e sustentável e criativa e lucrativa e transparente e comprometida 100% com o meio ambiente.

É pesquisador e estudioso de movimentos e expressões ligados à Economia Afetiva, termo que cunhou em 2014 sobre uma nova perspectiva de mercado pautada na valorização e desenvolvimento do coletivo, para o desenho de produtos inovadores e disruptivos. Ministra palestras, realiza workshops e dirige projetos sobre o tema.

Atualmente, dedica parte de seu tempo como curador de conteúdo do projeto editorial digital “PAN - ARQUIVOS SOBRE O PRESENTE”, que amplifica o conceito de Trama Afetiva para o ambiente de produção cultural de textos analíticos, fotografia, artes visuais, pensatas ativistas como uma crônica viva e um registro histórico sobre esses tempos pandêmicos que estamos atravessando.

É coautor e editor dos livros “Economia Afetiva: Aprendizado Para O Futuro” (2018) e “Economia Afetiva: Por Uma Nova Tecitura Social”(2019), que registram todos os aprendizados adquiridos durante a realização da Trama Afetiva nos respectivos anos.

Desde 2018, faz parte do grupo de palestrantes da plataforma TEDX, com sua fala “Como descobri a Economia Afetiva”. Está no casting de pensadores brasileiros no documentário “Amanhã Chegou”, dirigido pela jornalista e pesquisadora de comportamento Renata Simões, que aborda a discussão entre consumo material e a realização de sonhos, assim como debate o papel do cidadão, das empresas e do governo na construção de um futuro que preserve o meio ambiente e as culturas nativas sem abrir mão do desenvolvimento econômico.

todos os direitos reservados © 2020 

  • email
  • Instagram
  • Facebook
  • linkedin
  • YouTube